Previsão do tempo

Nossa História

Associação foi o embrião do SETCESC

 

A Associação Profissional das Empresas de Transportes Rodoviários de Blumenau foi o embrião do SETCESC. Tudo começou numa assembléia geral, ocorrida na noite do dia 25 de abril de 1956, tendo como local a sobreloja do número 991 da rua 15 de Novembro – onde hoje existe a galeria de lojas próximo a torre da Diocese de Blumenau, um dos principais cartões postais da cidade.

 

A comissão encarregada de formar a entidade contou com o apoio dos sindicatos patronais da cidade. O empresário Vilmar Luz foi incumbido de coordenar a primeira reunião. A sessão foi secretariada por Carlos Frank e Fritz Wolfram. Luz destacou o momento histórico, com a criação de uma associação profissional para defesa dos interesses da categoria econômica. Nascia, por aclamação, a primeira semente de um projeto vitorioso. Logo após, a assembléia se discutiu e aprovou os estatutos.

 

Na mesma noite foi realizada a eleição da primeira diretoria e do conselho fiscal. Foram eleitos para diretores, no voto secreto, conforme previa o estatuto: Vilmar Luz (Expresso Blumenauense Ltda.); Carlos Frank (Transportadora Blumenauense Ltda.) e Fritz Wolfram (Empresa de Transportes Wolfram Ltda.). O conselho fiscal composto por: Heinz Kumm (Kumm & Cia Ltda.); Wigand Gelhardt (Astro, Indústria, Transporte e Comércio) e João Alfredo Rodrigues (Expresso Rio Grande São Paulo).

 

Vilmar Luz se tornaria o primeiro presidente da entidade. Mandato que exerceu consecutivamente até o dia 30 de março de 1961. Durante esse período transformou a Associação Profissional em Sindicato Patronal, recebendo a Carta Sindical, datada de 20 de janeiro de 1961, sancionada pelo Ministro de Estado dos Negócios do Trabalho, Indústria e Comércio, instituindo o Sindicato das Empresas de Transportes Rodoviários de Blumenau.

 

Jorge Carlos Lotário Frank foi o primeiro presidente e conduziu os trabalhos por seis anos (1961 a 1967). Em janeiro de 1967, tomou posse Osmar Bruno Weissheimer, permaneceu por dois anos. Foi sucedido por Olmiro Pukall, entre os anos de 69 e 72. 

 

Já com uma década de existência, o Sindicato da Empresas de Transportes Rodoviários de Blumenau, passava a ser comandado pelo empresário Edgar Thomsen. O dirigente permaneceu por várias gestões na entidade,entre os anos de 1972 e 1984. Foi em sua gestão que o Sindicato incorporou toda a base inorganizada do Estado e, a partir desta data, passou a denominar-se SETCESC - Sindicato das Empresas de Transportes de Carga no Estado de Santa Catarina.

 

Ainda durante as suas gestões, o SETCESC cedeu base territorial para a criação dos SETCOM, SETRANSC, SINDICARGAS, SINDIPLAN, e autorizou a ampliação das bases dos Sindicatos já existentes: SEVEÍCULOS e SETRACAJO.

 

Rogério Baron teve a oportunidade de ocupar a presidência entre 1984 e 1987. O empresário Edgar Thompsen voltou a presidir a entidade entre 1987 e 1990. Osmar Ricardo Labes assume o Sindicato entre os anos de 1990 a 1998. Berto Ebert (1998 a 2001) foi o penúltimo presidente do Sindicato.

 

Osmar Ricardo Labes, atual dirigente, retornou à presidência em 2001, com motivação para implantar uma nova fase no SETCESC.